Fique!

 

photo-1414788020357-3690cfdab669

 

‘Repara bem no que não digo’.
Paulo Leminski

 

Talvez seja mais um nó ligando nós dois ao teu desacerto e eu, pra variar, perdido no teu embaraço! Minha sobriedade tem se amarrado em ti e anda querendo enlouquecer! Mas você diz que é só paixão e eu sinto que acredito. Tudo me soa tão passageiro que é bem capaz que seja mesmo… Sim, querido! Também sei reconhecer o efêmero das coisas, assim como você! Embora esse meu lado intenso de merda adore fingir eternidade em tudo, no fundo, em mim, tudo passa! E se você ainda não passou, sou eu que, depois de tudo, ou quase nada, ainda insisto em te querer alheio ao mundo, preso em mim. Por quanto tempo é o que eu não sei. Tem alguém na sala? Meu celular tocou! Era você me ligando? Já disse, não quero te ouvir! Vá pro diabo que te carregue! Não, não! Não temos o que conversar, vou ter que repetir? E pensando bem, nunca houve nó ligando a gente! Tudo não passou de carências transformadas em apego. Pra começar, o teu nome eu nem decorei! Quem é você, rapaz? HAHAHAHA. Sai da minha vida! Nunca houve espaço pra ti aqui, nós não passamos de remendos de outros casos, mais um daqueles trauminhas infantis de outros gozos… Droga! Mas por que me consome tanto? Hein?! Te fiz uma pergunta, me responde. Por que me absorve os nervos? Já vivi isso tantas vezes, nenhum sintoma é novo, ainda assim, eu não me reconheço! Que alívio saber que mal a próxima semana chega e já seremos passado, você vai estar bem longe! E depois de ti, virá outro e outro e mais outro e, daqui dois meses, tua imagem vai ser só mais um indício nessa imensidão de amores eternos que eu coleciono aqui! Não, meu bem, eu não vou lembrar do teu nome! Tudo vai ser esquecimento, samba antigo e as nossas vidas seguirão! Mesmo que agora pareça infinito, de novo o complexo do eterno, eu avisei! Mesmo que eu queira acreditar que você vai ficar! Mesmo que minhas dúvidas persistam e eu, não, eu não tô chorando! Mesmo que eu ainda não saiba se o que você deixa em mim é libido, amor ou um rombo maior que a própria vida, por saber que nunca vou ser teu! Mas eu nunca quis ser teu, por que eu tô dizendo isso? EU NÃO ESTOU G R I T A N D O ! O meu tom é esse, você sabe! Eu não quero mais te ver, eu nunca mais vou te atender! Tá me ouvindo? Alô?! O que você quer? Sim, tô sozinho! Vai passar aqui? Tô te esperando… Ah, claro! Como pensei! A distância talvez seja o melhor pra nós dois! A gente nunca daria certo mesmo! Some da minha vida, pelo amor de Deus! Vá pro inferno, cara! Antes que eu morra ou te mate! Você é o meu pior arrependimento, cacete! Eu te amo! Quer saber? Esse nó existe, sim, e ele tá me engasgando. Eu vou explodir!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s