Vazante

 

foto

 

‘Eu bebi saudade a semana inteira
pra domingo você me dizer
que não sabe o que quer
e não quer mais saber’

Esteban Tavares

Há quem prefira a superfície.
A vidinha seca, o coração no raso, os pés no chão
e toda aquela segurança que denota ficar preso à margem,
sem soltar o corpo para chegar mais fundo.

Há quem se mantenha em terra firme.
Barco ancorado, alma em solo, vestes enxutas
e toda aquele conforto que sugere permanecer na areia,
sem mergulhar a vida para se reconhecer no submerso.

Há quem deixe o amor em casa,
por receio de vê-lo se molhar.
E mesmo não pertencendo a ninguém,
ainda tente se convencer de que é melhor
caminhar sozinho, imune ao balanço e
alheio à imensidão que é ser dois.

 

(Esse texto tem resposta, leia aqui)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s