PARE

Pare
Foto: Petterson Farias

Coração vai longe quando quer
pena que sem plano,
meio cego, todo torto
sem cautela, quando disposto

Não se presta a olhar pro lado
pedir licença, ver o sinal abrir
vai ultrapassando, te atravessando
fora do eixo, fora da faixa
numa velocidade que ninguém permitiu

E acidentalmente tu sentes
já antecipando o estrago
vive o drama, junta os cacos
repete o caos de um dia desses

Coração só bate porque
quem sente é a gente
que apanha calado
esses desamores pelo chão

Coração é bicho mau
que maltrata enquanto finge
não ouvir pedido de socorro
Na certa, deve ser mais um
desses sujeitos sem sentimento

 

Anúncios