E só!

 

tumblr_mdshfvR5qG1r199pao1_500

 

‘Pra falar de tolerância
e acabar com essa distância
entre nós dois’

Ana Carolina

 

Professou sua fé sem dialogar,
boca muito aberta, ouvidos fechados,
com receio de ver o outro se expressar.

Falou sem ouvir,
acreditou sem dividir,
viveu de discursos alheios repetir.

Enxergou no contrário, adversário.
Excomungou a diferença.
Embora vasto fosse o mundo,
só lhe bastava a sua crença.

Reproduziu a intolerância,
confundiu tudo e propagou a ignorância.
Cabeça baixa, olhos no chão.
Foi capaz de tanta coisa,
mas de aceitar que ao seu redor
coexistiram outras verdades…
Ah, isso não!

Viveu só. Mudo e só.
Pensou que fora chamado, a vida inteira, de intransigente
pela crença que carregava, mas não.
Fora chamado assim pelo medo absurdo de encarar
outras crenças de frente.

Assim até eu. Meu querido, até eu!

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s