Né?!

 

8151223695_1efb71a785_z

 

Mas que saco esses textos, livros e amores pela metade.
Como se não bastassem a inutilidade dos espaços que preenchem,
a sensação de tempo perdido e o vazio que é não completá-los,
eles ainda te obrigam a lidar com esse arrependimento ranzinza,
típico das histórias que a gente nem deveria ter começado.

 

(a ilustração eu roubei do Mario Brito)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s